Por uma cidade antirracista, Paes assume compromissos com a população negra

Ao celebrar o Dia da Consciência Negra, nesta sexta-feira, dia 20, no Instituto de Pesquisa e Memória Pretos Novos, na Gamboa, Eduardo Paes (DEM) assumiu uma série de compromissos com a população negra e em prol de uma cidade, efetivamente, antirracista.

Após ler o documento constituído de várias ações voltadas para a cultura, economia, turismo e educação da população negra, o candidato a Prefeito ressaltou que o Rio terá um papel muito ativo no combate ao racismo.

– Não podemos permitir que em pleno Século XXI a gente ainda viva com tanto preconceito, com tanto racismo. Durante os anos em que fui prefeito, não medi esforços para que a história da diáspora negra fosse lembrada e para criar políticas públicas que contribuíssem para o combate às desigualdades raciais. Isso também é dever da Prefeitura. Neste Dia da Consciência Negra, assinei uma carta-compromisso com essa população, garantindo a valorização do legado e patrimônio da Pequena África, além de dar visibilidade ao empreendedorismo negro e às manifestações culturais, com linhas específicas – disse.

Paes também destacou algumas propostas do documento apresentado como a facilitação de crédito, capacitação e estímulo para o afro empreendedorismo, valorização dos estabelecimentos e locais turísticos e o fomento de feiras de moda e estética negra. Outro ponto destacado foi o papel do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos do Negro (Comdedine) no assessoramento da Prefeitura em políticas de combate ao racismo.

– Esse circuito (da Cultura Negra, no Centro) é algo que temos muito orgulho de ter começado. As obras de revitalização dessa região permitiram que esse circuito se consolidasse. Agora, é óbvio que isso tinha de ter tido continuidade mas, infelizmente, ficou parado. Vamos retomar projetos como o Laboratório Aberto de Arqueologia e a sinalização desse circuito. Esse é um compromisso meu com essa região e, principalmente, com a história do nosso país e da nossa cidade – disse Paes, que também assegurou que voltará a dar apoio aos estudantes e universitários negros com a concessão de Bolsas de Assistência Estudantil.

Confira aqui a íntegra da Carta-Compromisso com a População Negra e por uma Cidade Antirracista.