Saiba a verdade

Propostas para o Rio voltar a dar certo

1. Recontratar mil médicos e 5 mil profissionais de saúde já no primeiro ano de mandato;

2. Recuperar e reformar todas as UPAs e Clínicas da Família que foram destruídas ou fechadas durante a gestão Crivella até 2023;

3. Diminuir progressivamente o tempo de espera para consultas, exames e cirurgias no SISREG, garantindo uma redução de 30% na espera atual até o fim do mandato;

4. A partir da adaptação de unidades de saúde já existentes, implantar 21 clínicas de especialidades (oftalmologia, cardiologia, saúde da mulher, odontologia etc.) e 13 centros de diagnóstico por imagem até o final de 2023;

5. Retomar e implantar o Programa de Atendimento Domiciliar ao Idoso (PADI) no primeiro ano de mandato;

6. Criar o Programa Saúde Digital, com a disponibilização de carteira de vacinação, marcação de consultas, acesso a resultados de exames e transparência operacional de forma online com funcionamento integral até 2023;

7. Implementar o Programa de Conscientização, Assistência e Suporte à Saúde Mental, com a reestruturação da Rede de Atenção Psicossocial, ampliação dos Serviços Residenciais Terapêuticos e criação de parcerias com universidades públicas para atendimento direto nos bairros até 2021 com o objetivo de reduzir a epidemia de depressão, ansiedade e outras doenças de natureza psicológica;

8. Já no primeiro ano de mandato, criar o plano de carreira, cargos e salários dos profissionais de saúde em conformidade com o SUS, promover o treinamento de pelo menos 2 mil funcionários anualmente (a partir de 2022) e reestruturar as atividades de supervisão desses profissionais, a fim de garantir um melhor atendimento ao cidadão na rede pública de saúde do município.