Saiba a verdade

Objetivos centrais do próximo governo Eduardo Paes

1. Recuperar e restaurar a qualidade dos serviços públicos prestados no município, sobretudo nas áreas da Saúde, Educação e Transportes – com foco em fazer voltar a funcionar a infraestrutura e os equipamentos já existentes;

2. Reduzir a enorme diferença de qualidade entre a educação pública e a educação privada na nossa cidade, a fim de garantir maior igualdade de oportunidades para todos os jovens e crianças cariocas – independentemente da renda de suas famílias ou se vivem em áreas urbanas ou em comunidades;

3. Melhorar a qualificação dos guardas municipais e reestruturar as atividades de supervisão da rotina diária desses profissionais, a fim de que eles atuem de forma mais efetiva na defesa da integridade física e patrimonial dos cidadãos, sobretudo em áreas onde há forte atividade comercial ou um fluxo elevado de pessoas;

4. Capacitar melhor o carioca para o mercado de trabalho, atrair investimentos para a nossa cidade com foco nos setores de turismo, tecnologia, saúde, energia e audiovisual e garantir recursos para promover a revitalização de regiões degradadas, em particular da Avenida Brasil por meio de parcerias com o setor privado e com o governo federal – colocando sempre o interesse público do Rio de Janeiro acima de toda e qualquer divergência política ou ideológica;

5. Estabelecer padrões internacionais de transparência, governança e integridade nas decisões e contratos da Prefeitura, a partir da adoção de sistemas e procedimentos de auditoria e controle, convênios com o Ministério Público, o Tribunal de Contas e instituições independentes;

6. Recuperar a situação financeira do município e reestabelecer a gestão eficiente da máquina da Prefeitura, voltando a garantir a valorização dos profissionais do serviço público, o pagamento dos salários em dia e a retomada dos sistemas de meritocracia – como por exemplo, por meio do Programa Acordo de Resultados;

7. Reduzir os alarmantes níveis de pobreza e indigência na nossa cidade por meio da ampliação de programas de transferência de renda, como o Cartão Família Carioca, da implantação de novos restaurantes e farmácias populares e de ações de acolhimento e promoção de cidadania voltadas para a população de rua;

8. Voltar a dar prioridade aos investimentos sociais da Prefeitura, sobretudo nos bairros da zona norte, da zona oeste e nas comunidades e favelas da nossa cidade – sempre com foco em melhorar a qualidade dos serviços públicos, recuperar a infraestrutura já existente, e criar frentes de trabalho para a geração de emprego e renda para a nossa população mais necessitada;

9. Estabelecer um conjunto de políticas públicas voltadas especificamente para as mulheres, sobretudo nas áreas da saúde, da segurança e do cuidado em tempo integral com as crianças – para dessa forma, também ampliar o acesso das cariocas ao mercado de trabalho;

10. Criar um amplo programa de conscientização para a cidadania nas escolas e nos espaços coletivos (praças, parques e equipamentos culturais, esportivos e de transporte) a fim de melhorar o respeito do carioca pelo próximo e pelo patrimônio público – incluindo também, o combate ao racismo, a integração da pessoa com deficiência, a defesa da diversidade, a proteção aos animais e o cuidado com o meio ambiente, buscando assim, valorizar as tradições cariocas e a gentileza;

11. Implantar um plano de ação de alto impacto para os primeiros cem dias da administração com foco na volta às aulas de forma segura frente à pandemia e na recuperação imediata de serviços essenciais para a população nas Clínicas da Família, nas UPAs e nos BRTs;

12. Garantir que o cumprimento do programa de governo apresentado na campanha eleitoral seja tratado como prioridade máxima do governo ao longo de todo o mandato.