Em live para o jornal O Dia, Paes destaca as principais ações do plano de governo

Candidato a Prefeito do Rio, Eduardo Paes participou de live promovida pelo jornal carioca O Dia, nesta sexta, dia 23. O candidato apresentou suas propostas para os primeiros cem dias de governo à frente da prefeitura, destacando áreas que terão prioridade como a Saúde e a Educação, em tempos de pandemia da Covid-19.

-Vamos reequipar as Clínicas da Família, prepará-las para o processo de vacinação e normalizar o abastecimento de medicamentos. Também vamos pensar em um plano de retomada das aulas para as crianças da rede pública. Não podemos permitir que essa distância entre a rede pública municipal de ensino e a privada fique ainda maior por conta da pandemia. Para recuperar a aprendizagem dos alunos, nossa proposta é fazer o Programa 2 anos em 1, oferecendo reforço escolar e acesso à internet gratuito. Isso para que esse fosso social que já existe, não se amplie ainda mais – disse Paes, que quer repor três mil professores na rede pública e convocar os profissionais concursados que ainda não foram chamados.

Para o primeiro ano de mandato, o candidato mencionou o reajuste dos servidores públicos e a redução do IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana).

-Vamos rever a tarifa porque, de fato, não dá para aumentar imposto durante a pandemia – explicou.

Sobre a questão dos transportes, Paes falou sobre a intenção de trazer de volta algumas linhas de ônibus, principalmente nas zonas Oeste, Norte e na região de Jacarepaguá, de ampliar o prazo do Bilhete Único para três horas e recuperar os BRTs, incluindo a conclusão da Transbrasil.

-As estações de BRT vão voltar a funcionar como já funcionaram – lembrou, referindo-se ao período em que foi Prefeito do Rio.

Questionado sobre as propostas definidas em prol das mulheres, o candidato disse que retomará a Secretaria Especial de Políticas para Mulheres, criada por ele em 2013, com o objetivo  de identificar, promover, coordenar, implementar e acompanhar políticas públicas para mulheres. Paes também pretende retomar o projeto da Casa da Mulher Carioca, que oferece apoio jurídico para orientação e inserção da mulher na vida social, apoio psicológico para mulheres em situação de vulnerabilidade social, encaminhamento de mulheres em situação de violência doméstica, além de cursos e oficinas de capacitação profissional.

– Construímos umas quatro ou cinco unidades. A primeira Casa foi construída na Zona Oeste e agora pretendemos fazer outras – afirmou.

Paes também ressaltou seu compromisso com as políticas de inclusão das pessoas com deficiência.

-Vamos trabalhar em conjunto com as instituições existentes conveniadas que fazem um trabalho fantástico, mas recebem poucos recursos da prefeitura. E oferecer acessibilidade em vários locais da cidade, assim como nos BRTs e ônibus para que as pessoas com deficiência física também possam ter mobilidade – disse o candidato que, como Prefeito do Rio, criou a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD), que teve como uma de suas principais ações a criação dos Centros de Referência da Pessoa com Deficiência (CRPD).

Eduardo Paes foi o último convidado da série de lives que O Dia promoveu, em parceria com a Fecomércio. O bate papo foi conduzido pela coordenadora do Núcleo de Jornalismo Investigativo, Bruna Fantti, e também pela repórter, Aline Cavalcanti.

Assista abaixo a live do jornal O Dia com Eduardo Paes.