Centros Comerciais e Polos Gastronômicos do Rio terão Programa Segurança Presente

eduardo-paes-campanha-eleitoral-rj

O candidato à prefeitura do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) informou que vai implantar o Programa Segurança Presente em todos os Centros Comerciais e Polos Gastronômicos da cidade, durante um encontro com comerciantes de Vista Alegre, na Zona Norte, nesta terça-feira, dia 29. O programa foi criado em sua gestão e se mostrou um sucesso para diminuir os índices de violência na região onde é implementado.

– Temos na cidade do Rio um conjunto de centros comerciais e polos gastronômicos, áreas de comércio intenso que perderam muita importância, muita atividade econômica, por causa da violência, da falta de iluminação, da falta de cuidado, da falta de ordem. Vim neste polo conversar com alguns comerciantes, ouvir um pouco das demandas, mas assumir também o compromisso de que vamos levar o Segurança Presente, utilizando a PM ou até a própria guarda municipal, para todos os grandes polos comerciais, todos os grandes centros comerciais da cidade, já a partir do ano que vem – destacou Paes.

No Programa Segurança Presente, o policiamento de uma determinada área é feito em trios, formado por dois policiais militares e um civil (egresso das Forças Armadas) e o custo dessa operação é dividido entre a prefeitura e a iniciativa privada. Mas Paes ressaltou que apesar de o fator Segurança ser primordial é dever do poder público fazer o seu dever de casa e oferecer os serviços básicos à população, algo que não acontece atualmente.

– É óbvio que precisamos melhorar também a iluminação, o estacionamento, flexibilizar a legislação nesses lugares para que eles possam se consolidar como centros de lazer – afirmou.

O Centro do Rio foi o primeiro local a receber o Programa Segurança Presente em 2016. Na ocasião, 552 agentes se revezaram para coibir toda a espécie de crime, o que fez com que os índices de roubos, furtos, consumo e comércio de drogas na região despencassem e a sensação de “estar seguro” fosse devolvida aos cariocas.